terça-feira, 18 de novembro de 2008



Projeto de Intercessão
Torre de Vigia

Sobre a minha torre de vigia me colocarei e sobre a fortaleza me apresentarei e vigiarei, para ver o que me dirá, e o que eu responderei no tocante, a minha queixa. (Hab 2:1)

Baseado no texto de Hab. 2:1, este projeto de intercessão tem como objetivo formar um grupo de pessoas que estejam dedicando-se a oração intercessória 24 horas por dia, sabemos que para isto seria necessário um contingente de aproximada 168 pessoas para orarem uma hora, uma vez por semana. Diante do numero reduzido de pessoas, estamos estabelecendo este projeto de forma profética, terá no seu inicio 24 horas de oração intercessória por mês, onde um grupo de pessoas estará de forma objetiva, orando por necessidades da nação, estado e da cidade, como também pela igreja local, pelas células, discípulos e ministérios.
Porque Torre de Vigia? Na verdade o texto surgiu após o nome, somente em algumas traduções encontramos o termo torre de vigia, mas com certeza isto foi confirmação de Deus a respeito deste projeto que nos colocara na torre de vigia para interceder diante de Deus a respeito de muitas necessidades (queixas), e vemos o profeta Habacuque, se posicionando diante da adversidade para estar na Torre de Vigia.
O apostolo Paulo recomenda a igreja orar sem cessar (1Ts. 5:17), deixando claro a necessidade de uma oração continuada, e como podemos orar sem cessar? Para muitos isto não cabe de uma forma racional na mente, por que todos nós temos nossos afazeres diurnos e noturnos, sejam compromissos profissionais, familiares, ministeriais, lazer e etc..., embora sempre devemos estar na presença de Deus incessantemente, precisamos manter uma busca objetiva diante de Deus, por isso a necessidade da intercessão, e quando Paulo recomenda aquele grupo orar sem cessar eu imagino Paulo os ensinado a repartir o tempo de oração e as cargas de oração em favor da cidade, da igreja, das famílias e dos projetos missionários. Em Efésios 6:18 a recomendação de Paulo é a mesma “orando em todo tempo”,(Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos), A oração é à base de sustento de qualquer ministério seja ele pessoal ou local, e por isso como igreja de Deus, precisamos batalhar em oração para que a obra de Deus avance e prevaleça nas suas conquistas. John Hyde, conhecido como "O Homem que Orava", foi missionário na Índia. Inicialmente nas suas intercessões pedia a Deus que lhe desse a conversão de uma alma por dia. Deus ouviu e atendeu a sua oração. Passou, então, a solicitar duas almas por dia. Deus lhas deu. Aumentou o número para quatro! Milhares se converteram na Índia. Na sua biografia "O Homem Que Orava", é registrado que John Hyde orava com tamanha intensidade de alma, que uma certa feita, um seu companheiro de oração não suportou permanecer ao seu lado, porque um calor muito forte encheu todo o aposento...
Portanto fica estabelecido a partir do dia 29 de junho de 2008 o MINISTÉRIO DE INTERCESSAÕ TORRE DE VIGIA, que contará com guerreiros de oração na torre de vigia para intercederem durante uma hora, a respeito de objetivos de oração estabelecidos pelo ministério de intercessão.

Ministério de intercessão Torre de Vigia
Visão: Através da intercessão trazer cobertura espiritual para as células, ministérios, liderança, famílias, igreja local, cidade, estado e nação, para que possamos ter o discernimento do desejo do coração de Deus a respeito do que precisa ser feito por meio do corpo de Cristo.
Missão: Formar e preparar um “exército” de intercessores na “Torre de Vigia” , levando-os à intimidade com Deus e trabalhando para gerar nos mesmos um coração voltado a amar e cumprir a vontade do Senhor em nossa Igreja, cidade, nação e até os confins da Terra.
Valores:
• Libertação e cura de vidas
• Restauração de famílias, ministérios pessoais e locais.
• Batalha Espiritual
• Preparação da cidade para receber o evangelho.
• Oração e adoração como arma de guerra.
Ação do Ministério:
• Intercessão nos cultos.
• Cobertura de intercessão aos ministérios da comunidade (projetos e gravações).
• Intercessão pelas células.
• Intercessão pelos encontros de libertação e do Espírito Santo.
• Intercessão pela cidade, estado e nação.
• Treinamento de novos intercessores.

Alvo: Levantar um exército de intercessores guerreiros (adolescentes, jovens, adultos e anciãos) que amam o Senhor e estejam dispostos a se posicionarem na torre de vigia.

Um comentário:

  1. HA UMA GRANDE CARENCIA NA IGREJA HOJE DE ORAÇAO.MUITOS NEM CONSEGUEM MAIS ORAR E SIM LAMENTAR,AGREDITO COMO O PR JOSE DISSE QUE TEMOS QUE NOS POSICIONARMOS NA TORRE DE VIGIA PARA VER OQUE O NOSSO DEUS TEM PRA FAZER HOJE EM SUA IGREJA.EM ROM.12 PAULO FALA DE UMA MENTE RENOVADA,MAS POUCAS PESSOAS ENTENDEM O QUE É ISSO,SE A IGREJA HOJE NAO ORAR NADA VAI ACONTECER A NAO SER O DE COSTUME, O DIABO NAO TEM MEDO DE NOSSAS CAMPANHAS RI DE NOSSAS PREGAÇOES E NEM SE IMPORTA QUANDO TEM CONGRESSOS OU ENCONTROS NA IGREJA MAS UMA COISA SABEMOS ELE TEM MUITA PREOCUPAÇAO QUANDO ORAMOS POIS ELE SABE QUE DEUS RESPONDE RAPIDO,E ELE FAZ UM ESFORÇO IMENSSO PARA QUE NINGUEM ORE POIS SE ORAMOS O INFERNO ESTREMECE E O DIABO TEM MUITO MEDO DISSO.QUANDO ORAMOS DEUS AGE BATIZA,HA CURAS,SALVAÇAO,TRANFORMAÇAO DE VIDAS,RENOVAÇOA,VISAO E HA UM AVIVAMENTO NA IGREJA MAS QUANDO NAO ORAMOS TUDO FICA NO PAPEL SIM SO NO PAPEL E NADA MAIS.

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário